QUER TRABALHAR NA DISNEY? SAIBA COMO AQUI.


Muita gente não sabe, mas a Disney possui um programa de recrutamento de Cast Members (funcionários) temporários em vários países, inclusive no Brasil.

Imagina o que significa para A VIDA de qualquer pessoa, poder fazer parte do time da maior empresa de entretenimento do mundo?

Foto: Disney

Conversamos com a Rosana Lippi, Gerente de Produtos do STB – Student Travel Bureau, representante exclusivo do programa no Brasil desde 2002 e, também, com alguns candidatos às vagas disponíveis para este ano que estavam em uma das palestras em São Paulo, e vamos contar tudo para vocês.

Disney - Cultural Exchange Program

Esse é o nome do programa de trabalho temporário para brasileiros nos parques e hotéis do complexo Walt Disney World® Resort, na Flórida. Ele é focado em estudantes universitários e acontece anualmente, durante as férias de verão no Brasil, ou seja, no fim do ano.

Para se candidatar, você deve cumprir os requisitos abaixo:

- Ter, no mínimo, 18 anos até a data de início do processo seletivo;

- Ser estudante universitário matriculado em curso de bacharelado presencial reconhecido pelo Ministério da Educação e Cultural (MEC), com calendário acadêmico regular e que esteja entre o segundo e o último período letivo;

- Ter inglês fluente;

- Ter condições financeiras para cobrir os custos de viagem (passagem aérea ida e volta), saúde e hospedagem durante as primeiras semanas de trabalho;

- Ter muita disposição, alegria e flexibilidade.

Até aqui tudo certo? Você está dentro do perfil? Então se prepara porque a concorrência é grande e você só terá essa oportunidade enquanto estiver na faculdade e uma vez por ano!

O processo começa no primeiro semestre do ano e envolve a inscrição e participação na palestra que apresenta o programa, seguida pela 1ª entrevista, já em inglês.

Em 2017, as inscrições foram feitas no dia 17 de abril e muito rapidamente, em menos de 10 minutos, muitas localidades e horários de palestras já estavam esgotados 😱

Foram abertas 3.300 vagas para inscrição nas palestras que ocorreram em diferentes horários, nas cidades de Belo Horizonte, Brasília, Florianópolis, Fortaleza e São Paulo.

E como faz quem é de outra cidade? Se desloca para a cidade que for mais próxima ou mais fácil. Tudo por sua própria conta.

Mas tudo é super organizado e, dentro do possível, facilitado para que os participantes que são de fora daquela localidade já façam a entrevista no mesmo dia da palestra ou no dia seguinte.

E quem não conseguiu se inscrever, como faz? Teoricamente espera o próximo ano, mas pudemos comprovar que muitos se arriscam e vão para as palestras com toda documentação necessária e prontos para entrar, ficando em uma fila de espera na entrada do local. Caso alguns inscritos não compareçam, e isso acontece, eles vão sendo incluídos nas palestras até a capacidade máxima do local.

Candidatos na fila de espera em São Paulo – Foto: Procurando em Orlando

Após a 1ª entrevista e na data informada, o candidato deve acessar uma área específica do site do STB para saber se passou para a próxima fase, que acontece no mês de agosto e é uma entrevista com a equipe da Disney, também em inglês.

A partir daí, é só aguardar ansiosamente um e-mail da Disney para saber se passou ou não no processo seletivo.

Em que trabalham, quanto ganham e onde moram os Cast Members?

Cast Members”, ou Membros do Elenco, são todos aqueles que trabalham na Disney. Essa denominação veio de Walt Disney que acreditava que o parque era um grande teatro e todos os funcionários responsáveis pelo show. Assim como os turistas e visitantes não deveriam ser tratados como compradores de ingressos e sim como “Guests”, ou seja, convidados.

Normalmente, as funções disponibilizadas aos brasileiros são:

- Merchandising: trabalhar nas lojas;

- Quick Service: trabalhar nas lanchonetes;

- Seater: trabalhar em restaurantes;

- Character Performer: atuar como um dos personagens Disney (exige teste);

- Character Attendant: ser o assistente de um dos personagens da Disney;

- Custodial: trabalhar como auxiliar de limpeza;

- Attractions: trabalhar nos brinquedos e atrações dos parques.

Neste ano, outras três foram incluídas:

- Costuming: trabalhar nos bastidores com roupas e fantasias;

- Lifeguard: trabalhar como salva-vidas (exige teste);

- Recreation: trabalhar nas áreas de recreação dos hotéis.

O candidato não pode escolher sua função. Pode apenas listar qual seria sua preferência, mas isso não garante nada. E, após a definição de uma função pela Disney, esta também não pode ser alterada no decorrer do trabalho.

O salário é de US$ 10 por hora trabalhada, com garantia de 30 horas semanais, no mínimo. O pagamento também é semanal e depositado em um cartão de débito.

A Disney possui quatro condomínios próprios para acomodar os Cast Members. Os custos são de responsabilidade do participante do programa e variam de acordo com a localidade do condomínio e o número de pessoas que moram no apartamento. O valor semanal varia entre US$ 99 e US$ 130. Após a terceira semana de permanência, o valor é abatido automaticamente do salário.

Responsabilidades do Candidato

O candidato é responsável por seguir todas as etapas do processo, incluindo o fornecimento de toda documentação solicitada, nas datas e horários e agendados, não havendo qualquer possibilidade de atraso ou substituição.

Também deve providenciar seu passaporte e solicitar o visto específico para esse trabalho temporário (J-1 Summer Work/Travel), que deve ser solicitado a partir de documentação fornecida pela Disney.

Adquirir as passagens aéreas, contratar o seguro-saúde, pagar a taxa de US$ 354.50 (assim que for aprovado) referente à conservação do condomínio onde irá morar e às duas primeiras semanas de acomodação.

Além disso, deve estar preparado para trabalhar! Não é porque vai para a Disney que será só diversão. Muito pelo contrário. Tem sim os dias e horários para descanso e diversão, mas a Disney é bastante rígida quanto ao cumprimento de horários, tarefas e postura. E vamos combinar, não levar esse trabalho a sério para poder aprender muuuuito nessa empresa tão espetacular, é jogar uma oportunidade gigantesca pela janela.

Para se inspirar e ver se essa oportunidade é para você, conheça a história de Oliver Schues que já foi Cast Member através do programa da Disney, e a expectativa de quem estava na palestra de São Paulo, no vídeo abaixo:

Vídeo: Procurando em Orlando

Mas sabe o que eu achei mais legal? Apesar de todos os candidatos serem “concorrentes” existe uma solidariedade incrível entre eles! Montaram grupos de WhatsApp, compartilharam informações, se ajudaram no momento das inscrições, alguns trocaram datas ou horários de palestras para colaborarem com outros, enfim, existe a competitividade, é claro, mas dentro de um espírito Disney. O sonho pode se realizar para todos. E é lá, na Disney, que eles se transformam em realidade 😍

E aí, gostou? Vai se candidatar em 2018? Ficou com alguma dúvida? Pode perguntar que a gente vai atrás da resposta para você!

Procurando em Orlando Serviço:

Link STB: Disney Cultural Exchange Program

#DisneyCulturalExchangeProgram #STB #Disney #CastMember

#trabalharnaDisney #CastMember #DisneyCulturalExchangeProgram #ICP #STB #Disney #intercâmbio

Siga-nos
  • Facebook Basic Square
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon

 ©2020. PROCURANDO EM ORLANDO. Todos os direitos reservados

Desenvolvido por CMSBrazil

Todas as empresas citadas neste blog são donas de suas marcas e imagens e respeitamos seus direitos autorais. As informações, dicas e serviços são baseados em nossas experiências e vivências pessoais em Orlando e região.